PROCURA POR INFORMAÇÃO DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL SUPERA EXPECTATIVA

No primeiro dia da entrada em vigor do Empreendedor Individual, é grande a demanda por informações nos postos do Sebrae

Marcelo Araujo, Vanessa Brito e Dilma Tavares

Davi Zocoli/ASN

Comerciante da Feira dos Importados Adalberto Oliveira dos Santos foi o primeiro a obter registro de Empreendedor Individual na Central Fácil do Distrito Federal

AmpliarCopiarGaleriaBrasília – A procura por informações sobre o Empreendedor Individual nos pontos de atendimento do Sebrae superou as expectativas no primeiro dia em que passou a vigorar a nova figura jurídica. Três estados registraram crescimento expressivo na demanda de seus clientes.

No Sebrae em Santa Catarina, a procura foi significativa, tanto pela Central de Relacionamento (0800-570-0800), quanto nos pontos presenciais do Estado. Mais de 750 pessoas foram a esses pontos só para saber mais sobre a nova lei. O número normal de atendimentos presenciais diários é de 80. No call center foram recebidas 250 ligações a respeito do Empreendedor Individual. A média normal é de 100 ligações por dia.

“Ficamos surpresos com essa demanda e achamos que ela deve aumentar ainda mais nos próximos dias”, diz Kátia Rausch, gestora de Políticas Públicas do Sebrae/SC. Ela acredita que, na sexta (3), evento de lançamento do Empreendedor Individual em Florianópolis deve chamar ainda mais atenção para o tema. A cerimônia será às 15h na Assembléia Legislativa e contará com a presença do ministro da Previdência, José Pimentel.

Na Central de Relacionamento do Sebrae em Mato Grosso, 90% das ligações foram de clientes à procura de informações sobre o assunto e no atendimento presencial, 40 clientes buscaram informações a respeito da lei.

O Sebrae no Maranhão realizou 120 atendimentos nos seus postos e 32 chamadas para o call center nesta quarta-feira específicos pela procura de informações sobre Empreendedor Individual. Segundo Reijane Almeida, da Unidade de Atendimento do Sebrae/MA, as principais perguntas dos interessados eram como se cadastrar e quais benefícios. Todos os interessados demonstraram interesse em aderir à nova figura.

Ulisses Fontoura, gerente de Projetos de Atendimento e Apoio ao Empreendedor do Sebrae/GO, informa que em Goiás a Central de Relacionamento teve um aumento de 70% no fluxo normal das ligações, com 302 chamadas no 0800 específicas sobre o Empreendedor Individual. Nos pontos de atendimento, houve a presença de 50 clientes interessados no assunto. As dúvidas mais freqüentes eram sobre como obter o CNPJ e quanto pagar à Previdência.

No Distrito Federal

No Distrito Federal, mais de 630 pessoas já fizeram reserva do nome empresarial e têm prazo de oito dias para decidir e efetuar o registro. No primeiro dia de inscrição, apenas empreendedores do Distrito Federal puderam se inscrever. Adalberto de Oliveira Santos, vendedor de bijuterias da Feira dos Importados de Brasília, aguardava ansioso por esse dia. Ele foi o primeiro a se cadastrar como Empreendedor Individual no posto do Sebrae na Central Fácil do DF, localizado no Setor de Autarquias Sul.

Morador de Brasília há apenas um ano, mudou-se de Chapadão (MS) para cá, acompanhando a esposa, funcionária do Banco do Brasil, que fora transferida para a capital federal. “Trabalho há oito meses como vendedor informal de bijuterias na Feira dos Importados, onde aluguei uma banca, e estava aguardando essa oportunidade para me formalizar”, conta ele.

Adalberto já havia se informado a respeito dos benefícios e vantagens em se registrar como Empreendedor Individual pela imprensa e no Sebrae/DF. Ao tentar acessar o portal pela internet, encontrou dificuldade. Ele resolveu ir pessoalmente, de manhã, ao posto do Sebrae na Central Fácil do DF. Lá soube que o acesso ao portal estava acima do esperado por isso o sistema apresentava instabilidade.

Com o CNPJ nas mãos, Adalberto comemorou. “Como empreendedor individual, terei mais segurança e acesso a crédito. Quero ter máquina de cartão de crédito na banca para melhorar o atendimento à clientela”, revelou Adalberto. “Meu ramo de negócio é bom, quero adquirir minha própria banca e ir além, conseguir novos contatos, novos fornecedores”, acrescentou entusiasmado.

Neste primeiro dia de entrada em vigor do Empreendedor Individual, o posto do Sebrae/DF na Central Fácil recebeu dezenas de telefonemas em busca de esclarecimentos sobre o cadastramento. O atendimento telefônico do Sebrae, via 0800-570-0800, bateu recorde na capital federal. Foram 345 ligações. Normalmente o 0800 do Sebrae no DF atende 140 telefonemas, informa Hélia Castro, coordenadora do posto do Sebrae na Central Fácil do Distrito Federal.

Silmar Rodrigues, coordenador nacional do atendimento ao Empreendedor Individual, acredita que por esses números do primeiro dia deve mesmo se concretizar a tendência de busca substancial sobre informações referentes à nova figura jurídica e de pessoas querendo aderir. Silmar ressalta a importância da lei: “Trata-se de um instrumento poderoso para inclusão econômica e social de milhões de brasileiros”.

Portal do Empreendedor

A coordenadora do posto do Sebrae aconselha aos candidatos a empreendedor individual, que forem pessoalmente fazer o registro na Central Fácil, a levar carteira de identidade, CPF e consulta prévia, junto à Administração Regional, sobre o imóvel onde funciona o empreendimento. “Vai facilitar o cadastramento nesses primeiros dias de registro até que o portal e sistemas estejam funcionando 100%”, argumentou Hélia.

“O sistema de formalização [que é via www.portaldoempreendedor.gov.br] está disponível apenas no Distrito Federal, por enquanto. Nos demais estados, esse sistema vai ser disponibilizado aos poucos”, avisa Hélia Castro.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, a inscrição nos estados não foi possível ainda porque suas redes estaduais, incluindo as Juntas Comerciais, não estão integradas ao Portal do Empreendedor. A previsão é que em 90 dias todas as unidades da Federação estejam integradas. A expectativa é de que os próximos a serem incluídos sejam São Paulo, Rio de Janeiro e, em seguida, Minas Gerais.

Na manhã desta quarta-feira (1º), o Portal do Empreendedor havia recebido quase 56 mil visitas de todo o Brasil e até de outros países. Entre eles, Japão, Estados Unidos, Argentina, Alemanha e Portugal.

Central de Relacionamento Sebrae – 0800-570-0800

About these ads